segunda-feira, 13 de julho de 2009

QuiLômetro por Litro (parte 2)

Após duas semanas turbulentas, consegui escrever. (Acredite, não é nada fácil a vida de designer... Trabalho em horário comercial, estudos mais trabalhos extras para pagar tudo em dia e ainda dar atenção para a família não é para qualquer um).

Mas vamos lá...

Meus caros, novidades a respeito da média de combustível.

Logo que eu montei esse blog, me perguntaram da média que a Kansas 250 fazia na estrada (leia nessa postagem)

Na época eu não queria dar nenhuma resposta a respeito, até porque a moto não tinha sequer passado na revisão dos 1000.

Porém o tempo passou, eu já fiz a revisão e esta na hora de responder essa pergunta.

Estava meio chateado por não conseguir fazer a média que tanto lia nas comunidades e fóruns. Lia 25, 27, 29 Km/l. Só que andando aqui no sul, o máximo que estava conseguindo fazer era 17,18Km/l.

Então no sábado retrasado, após sair da pós graduação, a moto estava com tanque cheio e eu resolvi tirar a prova da média de combustível na estrada.

Puxei o ZZTop na playlist, coloquei o fone de ouvido, fui até uma cidade a uns 50 quilômetros daqui e voltei. A estrada estava ótima, meio vazia com sol da tarde, perfeita para viajar. Dei uma abusada do motor, andei entre 100 a 130Km/h sem dar muita folga, deu cerca de 1:20h rodando com a Kansas.

Concluindo a rota, fui até o posto de gasolina repor o combustível gasto.

Resultado: 25,5Km/l.



Conclusão. minha moto gasta mais que o normal na cidade por causa das pequenas distâncias e muitas paradas (até mesmo para evitar acidentes por causa dos "exímios" motoristas da região).

Bom, é isso.

Forte abraço para o Leitor "Georg", mais um feliz proprietário da Kansas 250.
Meu amigo, eu tenho percebido que a maioria dos comentários negativos lidos por ai são de NÃO consumidores da Kansas. Eu estou até adotando o comercial da Nova Schin para os proprietários da Kansas, da uma olhada logo abaixo:



Abração também para o Leitor "Kaverna" que enviou um comentário referente a regulagem do carburador da Kansas 250.

Meu caro, a aceleração ocorre porque na concessionária eles fazem a regulagem de entrada de combustível para os primeiros minutos de funcionamento da moto.

Mas de fato durante o uso ela acaba ganhando mais aceleração e após uns 5 ou 10 minutos de uso ela fica beemm acelerada.

O que eu fiz para acertar o ponto da minha foi andar até ela esquentar bem e depois fazer a regulagem.

O efeito colateral disso é que na partida fria, a moto chega quase a morrer, mas ai é só fazer um pequeno ajuste na regulagem para ela não ficar morrendo e pronto.

Meus caros, fiquem a vontade para enviar suas dúvidas, a idéia do blog e justamente para criar uma nova fonte de informações pertinentes a Kansas 250.

Abração a todos.

6 comentários:

Caverna disse...

Olá Denis,
Se me permite, vou me atrever a perguntar: Você não acha que a quilometragem está baixa?
Pergunto isso por que o tanque é bem pequeno.
Veja minhas medições: http://www.nojoom.net/file/38/Consumo-xls.html
Por acaso você é "pé-de-chumbo"? :-D
Uma outra dica comprovada: ao acabar a gasolina, a ponto da moto morrer, ao girar a chave da reserva, demora muito tempo pra moto ligar. Apenas puxe o afogador no máximo e sem abrir o acelerador, ligue a moto. Ela pega facilmente, e só então abra bastante o acelerador, assim você consegue arrancar e continuar andando...
Poucos metros a frente, você percebe que já pode soltar o afogador... :-)

Waldemar disse...

Tem como você mostrar quais os parafusos que devem ser ajustados? A minha morre quando eu acelero se o motor está frio e depois que esquenta ela morre na lenta...

Walison Scott disse...

A QULOMETRAGEM DA MINHA DAFRA É EXCELENTE

Anônimo disse...

Galera a minha Kansas 250 ficou filé depois dos 5000Km rodados, 80Km-35/L, 120Km-28Km/L, quanto a regulagem acreditem só fiz de 1000, eu mesmo faço a troca de oleo regul. de corret etc.Só abateço depois de acionado a reserva e não preciso parar a moto.

Anônimo disse...

Até que fim alguem fez cometário satisfatório com relação k250, é isso ai gente ,fácil
manutenção,cons.dentro do padrão etc.

Bode Cabral disse...

Agora que já se consegue comprar o reparo p o carburador ficou melhor, parei de ter dor de cabeça. Queria saber de um pneu que sirva na Kansas (250) que seja mais largo que o original?
Daria mais imponência a moto. Grato.