segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Respondendo a Perguntas 3

Opa!

Após 90% recuperado de uma gripe forte, aqui estou eu novamente compartilhando experiências com vocês.

Peço desculpas pelo tempo sem postar nada. Infelizmente essa última gripe que peguei me derrubou legal, dai já viu... Recuperação + colocar os trabalhos em dia = Sem tempo Total.

Mas vamos lá...

Primeiro, respondendo ao leitor "Caverna" em relação a Quilômetragem:

Meu caro, eu fiz o tira-teima da viagem rápida justamente por achar que o Km/l estava muito baixo mesmo. De fato 17,5 km/l na cidade para outras regiões é muito pouco. Mas dai levei em consideração a temperatura daqui do sul (que tem castigado beeemmm nesses últimos dias), o trânsito daqui da cidade de ruas curtas, sem aproveitamento das marchas, acabei chegando a conclusão de que o consumo alto é graças ao local mesmo. Tanto é que a média na estrada foi de 25,5Km/l.

Agora estou fazendo a experiência de colocar somente a gasolina "Premium" da rede Ipiranga que apesar de mais cara, pelo menos a propaganda é de ser uma gasolina mais "pura".

Agora uma atençao ao Leitor "Edson Mauro". Meu caro, seja bem vindo e sempre que possível, tentarei responder as perguntas no menor tempo. Cara, eu não sei o como o amortecedor pode ter soltado, isso é um problema bem estranho mesmo.

Minha recomendação é periódicamente dar uma olhada geral na moto, verificar, coroa, corrente (alias lubrifica-las a cada 500km apenas para uma maior duração do conjunto Coroa, Corrente, Pinhão), enfim, verificar se as peças estão bem firmes.

Motivo?

A Kansas 250 veio para o mercado sem muita propaganda, no silêncio, e eu creio que os mecânicos autorizados mal tiveram um curso de capacitação para montar a moto, ou seja, a montagem da Kansas 250 ficou mais por conta da experiência de outras motos montadas pelo mecânico, do que pelo curso em si.

Então minha recomendação é essa, periódicamente, de uma conferida em tudo.

Agora uma boa notícia. O pessoal da Revista Moto Max permitiu que fossem publicados alguns dados da matéria de Kansas 250 junto a algumas Custom de baixa cilindrada, ou seja, logo teremos novidades por aqui.

Bom é isso meus caros. Abração!

3 comentários:

Edson Mauro disse...

Boa noite! Obrigado por me responder, após 5 dias do problema do amortecedor tive outro, cheguei do trabalho e no outro dias quando levantei sentir um cheiro forte de gasolina, a moto estáva vasando gasolina pelo carburador e pela descarga o mecânico me falou que era gasolina suja, mas eu só abasteço no Posto Flecha, gasolina ativada, novamente levei para Dafra e passei o pepino para eles.

Waldemar disse...

Eu achei a minha moto massa, espero não ter problemas com ela (um pouco de fé não faz mal pra ninguém).

Luís Fernando disse...

Caro Denis

Antes de mais nada, quero congratulá-lo pela iniciativa por ter criado o Mundo Kansas 250. Quando estava pesquisando para adquirir minha primeira moto e já estava de olho na Kansas, fiquei muito animado por ter encontrado este Blog.
Estou com minha 250 há pouco mais de um mês, amaciando o motor e feliz da vida...
Agora estou procurando acessórios para a Kansas 250 (alforjes, protetor de motor)... você teria informações sobre isso?